quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Lotus 78 - Flyslot

O Lotus 78, é um dos Formula 1 que ficou para a eternidade da história desse campeonato. Isto, porque trouxe com ele o revolucionário conceito de asa invertida sob os flancos, o que acabou por alcunhar mais tarde os carros que integravam este conceito de "carros asa".
 Sob os flancos, o génio Colin Chapman montava o engenhoso desenho que integra o princípio de sustentabilidade que as asas proporcionam aos aviões. Mas se para aqueles os faz manterem-se no ar, quando invertido esse formato, fará os carros colarem-se ao chão. E engenhosamente aplicado ao Formula 1, estes tornaram-se modelos ganhadores, com clara vantagem tirada da aplicação deste princípio.
 E por essa razão, o bonito Lotus 78, o primeiro Formula 1 a ser equipado com este estudo aeronáutico, tornou-se num dos inesquecíveis modelos da classe maior do automobilismo.
A Flyslot, o único fabricante à data, a prestar atenção a este tipo de carros e dos saudosos anos 70, não deixou passar em claro o feito, podendo nós reunir também nas nossas colecções, este verdadeiro marco.
 Modelo que participou no Campeonato do Mundo pela Lotus em 1977, teve como pilotos Mário Andretti e Gunnar Nilson. O primeiro, acabaria mesmo por sagrar-se no final, Campeão do Mundo de Formula 1. Mas os dois modelos foram editados, correspondendo a cada um dos pilotos, participações em provas distintas. Curioso, é a cor com que cada um deles se encontra representado, já que o de Mário Andretti surge em preto brilhante e o de Gunnar Nilson, em preto baço. Se existem razões para isto ou se foi assim que correram, a minha memória não me permite registos a esse ponto, já que a época corresponde a uns valentes anos atrasados e as revistas da época, se calhar não permitiriam registos dessa ordem, pelo que a minha ignorância se irá manter, até que alguém conhecedor destas matérias se pronuncie.
 Mas para além desse pormenor, outras diferenças surgem, como presença ou ausência de alguns sticker's publicitários. E o primeiro, trata-se de uma anomalia que surge no modelo Nº5. Abaixo do número deveria surgir a representação de um radiador, aspecto que foi alterado e representado no modelo Nº6. Quanto à colocação da bandeira inglesa na frente dos modelos, encontra-se correcta em cada um deles.
 No Lotus de Gunnar Nilson, na zona da representação do motor, surge um tirante na cor prateada, assim como o suporte do aileron, o que no modelo de Mário Andretti surge a preto.

 As derivas verticais tanto do spoiler frontal como do aileron surgem debruados e com o logótipo da "Goodyear" no modelo de Gunnar Nilson. Por outro lado, o modelo de Mário Andretti, surge com o miolo das jantes a dourado, sendo no outro, completamente prateadas.
No fundo, duas belas peças de Slot, onde o Lotus de Mário Andretti começa já a assumir cotações invulgares.