sexta-feira, 26 de julho de 2013

Mr SlotCar - Mazda 787B


O fabricante canadiano muito tem prometido, mas muito embora a já comprovada qualidade dinâmica da sua produção, traz-nos como novidade, apenas uma nova versão do mesmo Mazda 787B já bem nosso conhecido.
Depois das referências MR 1001 à qual corresponde o modelo base disponibilizado em Kit, fizeram-nos chegar a referência MR 1002 cuja versão representa este interessante Mazda em versão de Test Car, totalmente negro.

 Seguiu-se-lhes depois a histórica versão vencedora de Le Mans e que teve como marcos históricos o facto de ter sido o primeiro construtor nipónico e único até à data a sagrar-se vencedor da mítica prova francesa e ainda por se ter tornado igualmente no primeiro modelo a vencer a mesma prova, movido com uma motorização rotativa ou Wankel. Esta edição recebeu a referência MR 1003.
Agora e volvidos bastantes meses e quando se aguardava pela chegada de um modelo de outra marca, eis que nos surpreendem em parte pela negativa, fazendo-nos chegar mais uma versão para a mesma base, tendo recebido a referência MR 1004. Trata-se da representação do modelo participante nos 500 Km de Sugo, onde finalizou a mesma na 9ª posição.
 Afinal, mais do mesmo, onde como maiores notas de relevo se poderá referenciar que perdeu os cristais transparentes dos faróis e onde as cores se encontram invertidas, relativamente à versão de Le Mans.

 Mecânicamente também a mesma base, onde o modelo recebe um berço para motor de caixa pequena e em em linha.
 A nota positiva vai para a edição do modelo com a referência MR 1005A, que tem como objectivo único, a competição. Um pouco ao estilo já lançado pela Sloting Plus, disponibilizam-se várias cores para o mesmo modelo
Fornecidos completamente montados, encontram-se no entanto equipados com motores de caixa grande, mantendo a sua posição em linha, mas fornecidos com bancadas extra tanto para posição Anglewinder como Sidewinder.
Parece-nos uma primeira tentativa de penetrar mais seriamente no mundo da competição, onde cá por Braga já se foi testando com resultados positivos, as capacidades dinâmicas deste modelo produzido do outro lado do Atlântico.