segunda-feira, 14 de abril de 2014

Campeonato Resistência GT Team/GSC



Decorreu nas instalações do GT Team Slot Clube, a primeira das provas que comporão um campeonato conjunto que reúne também o Guimarães Slot Clube.
Para esta jornada estiveram presentes seis equipas, sendo uma delas constituída pelo bracarense Luís Azevedo e o trofense Rúben Almeida. De Guimarães vieram o Alfredo, Carlos Afonso, Paulo Gonçalves e o Marco. De Braga, reuniam-se Augusto Amormi, Miguel Carvalho, David Fernandes e Rui Mota, ficando o bracarense David Azevedo a repartir a equipa com o caldense José Pedro Marques.
Os modelos pelo qual se optou para este primeiro campeonato, são os interessantíssimos Grupo C.

 A malta lá foi chegando, e enquanto uns se aprontavam, outros preparavam o equipamento para a maratona.
Havia ainda quem preferisse ficar a treinar, para que o resultado fosse o melhor possível.

Houve depois lugar à qualificação e o melhor registo coube a José Pedro Marques com um belíssimo Lancia.
 Pelo GT Team/ART, esteve em palco Augusto Amorim que fazia parelha com Miguel Carvalho, tendo optado pelo Lancia de fabrico Slot.It

 David Fernandes repartia os com Rui Mota os turnos de pilotagem e coube-lhe a ele a luta pela pole position. A opção da máquina recaíu no Porsche 962 IMSA da Slot.It e a equipa era a "Laranja Mecânica / GT Team".

 Paulo Gonçalves e o Marco, participavam em Porsche 962 IMSA da Slot.It e constituíam a equipa "VP Slot Team".

Pelo GSC, Carlos Afonso e o Alfredo repartiam os comandos do terceiro Porsche, mas desta vez um dos primitivos e pouco eficaz 956 KH.

 José Pedro Marques  e David Azevedo constituíam o team "DJ Slot Team"e  impunham na primeira batalha, o belíssimo Lancia da Slot.It.

Os "Arrebenta Tudo", a equipa mista constituída por Luís Azevedo e Rúben Almeida, participariam de Mazda 787B da Slot.It. Em consequência de não terem cumprido a qualificação, viriam a ocupar a calha que haveria de sobrar.


Qualificação feita e escolhidas as calhas por cada uma das equipas, os modelos rumaram à linha de partida.



Iniciada a prova, Rui Mota mostrou ser o mais forte, tendo ganho 3 voltas à equipa do GT Team/ART. Duas voltas íam marcando a diferença entre cada uma das equipas que se seguiam, à excepção do team GSC que padecia duma instabilidade incrível no seu 956. Os pilotos desta equipa enfrentaram um verdadeiro calvário e passaram por uma verdadeira prova de nervos, ao tentar dominar aquela máquina saltitante.

No segundo turno, o DJ Slot Team apodera-se da segunda posição e fica a 4 voltas da equipa Laranja Mecânica/GT Team. Enquanto se começava a notar uma guerra pela liderança entre Laranja Mecânica/GT Team e DJ Slot Team, mais atrás adivinhava-se igualmente guerra aberta entre GT Team/ART e VP Slot Team. Quem parecia não aguentar o ritmo dos homens da frente eram  os Arrebenta Tudo, limitando-se a ficar pelos lugares secundários. Percebia-se também que era uma guerra perdida para os homens do GSC, já que o seu Porsche não lhes permitia a menor veleidade.

No terceiro turno, o Laranja Mecânica/GT Team reforça a liderança aumentando a distância para o segundo, o mesmo DJ Slot Team. O GT Team/ART perde também terreno para as duas equipas da frente, vendo ao mesmo tempo uma séria apróximação da equipa Arrebenta Tudo. O VP Slot Team começa a não ter pedalada para se mater na guerra pelo pódio, restando-lhes situarem à frente do GSC que não conseguia ver melhoradas as prestações da sua máquina.

 Dois dos bonitos modelos que animaram esta primeira jornada.

A quarta calha confirma a manutenção dos dois primeiros, mas vê uma reviravolta na classificação, pois o GT Team/ART vê-se arrebatado do terceiro lugar por troca com os Arrebenta Tudo. Luís Azevedo com excelentes turnos, empreende uma recuperação que os leva nesta altura ao terceiro lugar provisório.

 Descontracção e concentração...
 Em baixo, parece que David Azevedo quer acertar contas com alguém...

A penúltima manga veio deixar em aberto para o finalizar desta jornada, a luta pelo terceiro degrau do pódio, já que o team Arrebenta Tudo partia para a luta final com uma volta de vantagem sobre o GT Team/ART. Mas o DJ Slot Team não se poderiam manter descontraídos, já que se via obrigada a atacar o primeiro posto, mas a defender-se também dos terceiro classificados. Dispunham de uma vantagem de apenas 3 voltas para o terceiro classificado. Isto, deixava-os numa situação de completo stress. Mais à vontade partiam os comandantes, já que as 4 voltas de vantagem de que dispunham, permitiam-lhes algum conforto.

 Dois Porsche's de gerações distintas, tanto na realidade, como no mundo dos slot car.

A última calha confirmou as duas primeiras posições mas o GT Team/ART viria a protagonizar a reviravolta e obteria o terceiro posto que pertencera aos Arrebenta Tudo. A fechar, VP Slot Team e o GSC, muito por fruto da falta de treino, inexperiência do traçado e carro mal afinado.


 No final os modelos alinharam-se de acordo com a classificação, onde um Porsche finalmente vence uma prova de Grupo C.

 No pódio, David Fernandes, o mais novo participante e Rui Mota o mais velho, conseguiram equilibrar experiência e maturidade para levar de vencida esta primeira jornada. José Pedro Marques e David Azevedo foram uns sérios adversários e animadores desta primeira prova, enquanto Augusto Amorim e Miguel Carvalho com um forte final, viriam a subir a custo à terceira posição.
 The number ONE.....
A próxima prova decorrerá a 17 de Maio e o palco será desta feita a pista permanente de fabrico Ninco, do Clube Slot de Guimarães.
Até lá, boas preparações.... e que o excelente convívio se repita.