quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Uma pérola de luxo...... - Hobby Classic



 O fabricante Hobby Classic dedica-se a reproduções de modelos clássicos com história e é conhecido no mundo dos coleccionadores pelas suas belas reproduções, mas também por estarem ao alcance de poucos, devido ao seu preço bem fora do comum neste pequeno universo.
E desta vez, a sua meta atingiu um patamar de elevado gabarito e até à poucos anos inimaginável. De qualidade de elevado relevo, trouxeram até nós o primeiro modelo vencedor da clássica francesa, a prova automobilística mais famosa do mundo, as 24 horas de Le Mans.
Chenard & Walckar é o seu nome e o acontecimento ocorreu no longínquo ano de 1923 e teve como heróicos pilotos, André Lagache e René Léonard.
 Esta reprodução em resina, foi editada em duas séries, ambas limitadas. Tratam-se das versões representando o modelo no início da prova e uma segunda, com o aspecto sujo e lamacento, tal como concluiu a mesma.
A própria caixa em que o mesmo se encontra embalado, é um verdadeiro luxo. Em cartão de alta qualidade e na mesma côr do mini-modelo, completa a sua identificação com o modelo vencedor desta prova através da representação do dorsal do carro e ainda uma simulação da correia de cabedal e respectiva fivela com que na época se garantia que o capôt-motor se mantivesse firmemente cerrado e que serve ao mesmo tempo como segurança da abertura da embalagem. No seu interior, encontra-se então o fabuloso Chenard & Walcker numa base rígida e coberta por uma película espelhada, encontrando-se lateralmente duas esponjas de acabamento, onde uma delas integra uma pequena caixa que contempla um pequeno boneco e respectiva bandeira xadrez, que simulará quem deu a maratona por finalizada.
 A frente da mesma também se abre, surgindo surgindo pela parte interior algumas informações relativas à peça em questão, bem como o número de série que lhe foi atribuído. Este mesmo número surge também no chassis desta pequena pérola.



 Mas a base onde se fixa a peça é fácilmente amovível, permitindo-se desta forma, se se pretender, outro tipo de exposição mais funcional.

 Sobre a base, encontra-se uma brochura de em três línguas e igualmente de elevada qualidade.




 E da peça em si, o que poderemos referir?
Um verdadeiro luxo, é o que me assalta o pensamento. A finíssima representação das enormes jantes raiadas, saltam de imediato à vista.

 A qualidade dos bonecos, de ambos, piloto e homem da bandeira, estão muito bem conseguidos, simulando-se mesmo alguma variação de tons próprios dos tecidos.




 Volante e painel do quadrante com os respectivos manómetros, conseguem manter o equilíbrio de qualidade geral apresentada neste belo conjunto.
 Também a pintura dos bancos é feita de forma a imitar o desgaste e sujidade naturais dos mesmos.
 A faltar mesmo, está a representação do tubo de escape que não surge na traseira.
Uma peça de excelência só ao alcance de alguns e que servirá básicamente para preencher estantes de coleccionadores, mas aqui fica o histórico primeiro vencedor duma prova que preenche o ego de muitos....