domingo, 17 de abril de 2016

Campeonato GT Open - Novo vencedor

 Decorreu sexta-feira última a segunda jornada do Campeonato GT Open, integrado nos campeonatos organizados pelo GT Team Slot Clube.
 Doze foram os pilotos presentes, em dia de apresentação oficial do novo equipamento da época de 2016 deste clube, a "GT Team ART Slot Cars". E quanto às máquinas em presença, Marco Silva apostava no Honda HSV da Scaleauto, enquanto Rui Mota recorria ao Mosler da NSR e Carlos Afonso apostava no bonito Ferrari com a decoração do campioníssimo da Moto GP, o incrível Valentino Rossi. Paulo Mendes apostava num novo Ferrari e cedia o seu da anterior jornada, a David Fernandes. Como novidade, mais um Saleen pelas mãos de Filipe Cruz do Slot Clube da Trofa e a estrear-se neste campeonato.
 Em baixo, o novo Ferrari de Paulo Mendes.
 E o Ferrari de Carlos Afonso, a aposta de última hora, por troca com o BMW Z4 da Scaleauto.
 A jornada foi, tal como ultimamente têm sido, animadíssima, com grandes incertezas quanto à ordenação das posições individuais na classificação. Inicialmente, Ricardo Ferreira dava sériamente nas vistas, mas à medida que os pilotos se íam revezando, a incerteza adensava-se pelo extraordinário ritmo que cada piloto ía conseguindo impôr. Carlos Afonso começava no entanto a desentender-se com o seu Ferrari e Rui Mota , com um berço partido, acabaria por ser o azarado da jornada. Enquanto isso, Filipe Cruza dava nas vistas com um andamento prometedor para quem nem sequer havia treinado nesta traçado.
 Mas eram Luís Azevedo e Paulo Mendes que mais prometiam e viriam mesmo a assumir as duas primeiras posições no final da prova, por esta ordem. Mas David Azevedo, o vencedor da primeira jornada, imiscuía-se nesta luta, vindo a conquistar a terceira posição, com o mesmo número de voltas de Paulo Mendes.
 Mas muito perto estiveram ainda Augusto Amorim e a revelação da jornada, Filipe Cruz, que ocupariam as quarta e quinta posições. Ricardo Ferreira, César Amorim, Vítor Lopes e David Fernandes seguiam-se-lhes por esta ordem, tendo entre eles protagonizado também uma interessante luta.
Marco Silva e Carlos Afonso parece quererem perpétuar a luta entre vimaranenses, tendo acabado em décimo e décimo primeiro respectivamente. Rui Mota fecharia a tabela de classificação, no décimo segundo lugar.
 A classificação ordenada dos modelos.
 O Saleen de David Azevedo, conseguia desta vez impôr-se à armada Ferrari que se fez presente, desfazendo o "quase mito" de que os modelos da Black Arrow seriam imbatíveis.


Pódio da Prova

Pódio - Pilotos Ouro

Pódio - Pilotos Prata

Pódio - Pilotos Bronze