quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Peugeot 205 Grand Raid - Dakar 1989

Na continuidade da aposta nos modelos de TT e integrados na sua série "África Legends", a Scaleauto faz-nos agora chegar mais um Peugeot 205 Grand Raid na sua versão de 1989 e sob as côres da "Pioneer", tendo dado assim continuidade às suas produções em resina.
 A Peugeot, depois de se ter lançado na aventura do raide maratona "Paris-Dakar" no ano de 1987 através do seu modelo 205 Grand Raid, uma versão modificada e alongada do corrente 205, apostava nos três anos seguintes no seu modelo 405, mas não abandonando nunca, o seu bem sucedido, 205.
Curioso, é o facto de no primeiro ano estes leões do deserto se terem vestido com as côres da "Camel", para nos dois anos seguintes serem ptrocinados e vestidos com as côres da "Pioneer", retomando o amarelo da Camel no término das suas aventuras africanas, no ano de 1990.
 A Scaleauto presenteara-nos já com a criação do modelo 205 participante do Dakar no ano de 1987, mas este ano fez-nos chegar a versão de 1989. Foram dois 205 e dois 405 que tentaram neste ano a proeza da vitória, tendo essa cabido ao mais recente dos modelos franceses. Mas este fabricante proporciona-nos na aquisição deste 205, optar-mos pela versão com o dorsal 205 ou 207, já que o acompanha uma folha de decalques cujos números, nomes dos pilotos e matrículas, assim o permitem.
 Entre as versões de 1987 e a de 1989, pouco significativas são as diferenças entre ambos, à excepção de manifesta diferença decorativa, onde as côres marcam por si só, uma grande diferença.
 Mas embora poucas, são algumas as diferenças existentes entre ambos. Na frente, é possível perceber que os pára-choques apresentam formas distintas, tendo a versão de 1989 recebido abaixo do mesmo, uma protecção do cárter, algo inexistente no modelo de 1987.
 Na capota, a tomada de ar central é ligeiramente modificada e enquanto no modelo de 1987 existem dois pilotos luminosos, na versão de 1989 surge uma nova tomada de ar sobre o lado direito do modelo.
 Já na secção traseira, as diferenças são absolutamente inexistentes. Mas se atentar-mos nas matrículas, percebemos que afinal, apesar dos anos, estamos perante o mesmo Peugeot 205 Grande Raid.
O agora chegado recebeu por parte deste fabricante, ainda que de pequena monta, alguns miminhos. Assim, poderemos observar jantes em que foram aprimoradas através de tinta, o centro e a representação das porcas, enquanto os pneus receberam agora a branco, a sua marca.
Pelas mãos da Scaleauto, vemos o nosso mundo dos TT, um pouco mais enriquecido.