quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Um brinquedo do caraças, ......

.... e sem ajudas electrónicas......
 5 aninhos no lombo, e uma prendita de se lhe tirar o "chapeau".....
Este belo Aston Martin DB5 desse herói dos filmes de espionagem, James Bond e que conhecido ficou por Bondmobile, foi também obra de reprodução no mundo dos brinquedos. E que brinquedo.....
Ele anda sozinho com a ajuda de um motor a pilhas e faz curvas concêntricas. Pára e arranca, enquanto vai fazendo habilidades com as metrelhadoras integradas no lugar dos piscas frontais  e faz subir e descer a chapa integrada no capôt traseiro, como protecção do herói, às balas vindas da retaguarda.
A antena de cada vez que é puxada, vai fazendo a mudança da matrícula e na janela do lado contrário à do condutor, surge uma palheta que quando accionada, faz literalmente saltar o inconveniente bandido, capota fora.....

 Um delicioso brinquedo onde não faltam ainda as lâminas integradas na estrela central da jante esquerda para cortar os pneus da bandidagem e de que usufruí na minha tenra idade, no lugar do que hoje seria, muito provavelmente, uma Play Station ......

 Os filmes de heróis, transformavam-se assim também em verdadeiras cenas de brincar e heroísmo, mas em que nós substituíamos o James Bonde chamando a nós a glória, num palco improvisado em reboladelas pelo chão do nosso quarto.
E milagrosamente, quase como que resistindo a tudo, também este Bondmobile resistiu às invariáveis investidas graníticas de que os meus carritos de lata eram alvo, como forma ficcionada das simulações de acidentes.
Valeu-me certamente, a arte do James Bond, o agente 007, para salvar este carrito....