quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Campeonato Clássicos NSR - Segunda prova

 Para a segunda jornada deste campeonato, duas equipas acabariam por trocar os seus carros, relativamente à aposta inicialmente tida. Enquanto Ricardo Ferreira / Luís Azevedo alinhavam pela bitola e apostavam no Ford P68 em detrimento do Ford GT 40 MK IV, fazia exactamente o contrário a dupla de pilotos formada por Paulo Mendes / Francisco Matos. E enquanto Ricardo Ferreira / Luís Azevedo completavam a prova uma posição acima relativamente ao resultado da primeira jornada, muito embora o menor número voltas conseguido, Paulo Mendes / Francisco Matos completavam a mesma com mais uma volta do que na primeira prova, o que não lhes terá valido de muito, pois acabariam por manter o quinto e último lugar.
A dupla David Azevedo / José Pedro Marques, tiveram uma jornada para esquecer, já que o seu Ford P68 deixou muito a desejar, tendo-se tornado praticamente inguiável. E assim sendo, acabou por se tornar impossível a luta pelos lugares da frente tal como na jornada inaugural, tendo terminado esta no quarto lugar.
Perante isto, a luta pela vitória acabaria por pertencer às duplas Rui Mota / David Fernandes e Augusto Amorim / César Amorim. Os dois mais jovens pilotos de cada equipa mostraram que se encontram cada vez mais fortes e capazes de fazer a vida negra aos mais experientes pilotos da nossa praça. A prova disso está no registo de 8.457 estabelecido por David Fernandes, quando se encontrava em luta directa e sériamente apostado em fazer a vida negra a Augusto Amorim. Houve algumas trocas de posições entre estas duas equipas, o que comprova o real empenho de ambos pela conquista dos lugares mais altos, mas no final a vantagem acabaria por pender para a dupla Rui Mota / David Fernandes. Dessa forma, esta dupla cimentou a primeira posição no campeonato, enquanto Augusto Amorim / César Amorim assumem agora a segunda posição no mesmo.




 Em baixo os modelos em formação de acordo com a posição final na prova.

 Augusto Amorim / César Amorim estreavam uma carroçaria nova nesta prova (em baixo)

No pódio de pilotos, Augusto Amorim / César Amorim subiram um posto, Rui Mota / David Fernandes mantiveram a posição central e Ricardo Ferreira / Luís Azevedo (não se encontra na imagem) subiam pela primeira vez o degrau.

Para aceder à classificação do campeonato, clique aqui.