quinta-feira, 2 de abril de 2015

Novo Nissan R89C - Slot.It


Depois de nos ter feito chegar a versão participante em Le Mans no ano de 1989 do Nissan R89C, a Slot.It prepara-se agora para nos disponibilizar a versão de 1990 do mesmo modelo japonês.
Tendo perdido as cores oficiais, estas foram substituídas por um cinza antracite, uma côr só e pouco comum em modelos de competição, mas que aliada ao branco que funcionou igualmente "quase" como côr única para os patrocínios que ornamentaram a decoração, poderemos afirmar que acabou por existir um inegável equilíbrio estético. Note-se que são poucos os patrocinadores que acrescentaram o vermelho a esta pobre mas funcional conjugação decorativa e onde por exemplo a Yokohama acrescenta essa côr no seu característico "Y" da marca.
E uma vez que se trata do mesmo modelo do ano anterior, pouco ou quase nada haveria a modificar. No entanto, a perda das tampas que cobrem as rodas posteriores conferem-lhe uma imagem renovada. Mas essa perda obrigou a novas formas do capôt traseiro, mesmo junto ao seu limite posterior, já que o acabamento do mesmo era proporcionado pelas tampas das cavas das rodas e agora é o próprio capôt a fazê-lo. Na imagem que abaixo se mostra, percebe-se perfeitamente como funcionava a tampa na primeira versão.


Mas este modelo utilizava um novo tipo de jantes e neste particular, a Slot.It não se preocupou em primar, tendo mantido as da anterior versão, cujo centro de reduzida dimensão retira em grande parte a verdadeira afinidade que este deveria ter com o modelo que lhe dá origem.
 Mas a Slot.It teve o cuidado de ornamentar com uma borda preta e com a simulação de rebites em ambas as janelas, algo que não acontecia na anterior versão.

Já o óculo frontal recebeu no contorno inferior uma banda extremamente larga a preto. Na verdade, existia apenas o friso preto que o liga à carroçaria. As antenas são algo que se encontra a mais na versão de 1990, são portanto inexistentes neste que estará para breve.
 E para completar o rol de pequenos e quase imperceptíveis erros, poderemos apontar mais três pequenas falhas. A grande abertura existente imediatamente antes da cava da roda posterior, deveria ter uma tampa com uma curva bastante pronunciada para o interior, mas foi mantido exactamente o mesmo esquema adoptado no modelo de 1989 e que se encontrava igualmente errada.
Mas mais imperceptível, encontram-se as tomadas de ar frontais, compostas por duas pequenas nas extremidades e duas de maiores dimensões na parte central e de formato rectangular e que na versão de 1989 eram na sua totalidade da mesma altura. Em 1990, as tomadas de ar centrais, foram reduzidas em termos de altura, mas na miniatura agora mostrada, foram erradamente mantidas.
Também as campânulas dos faróis da frente, surgem na mais recente versão, com nova terminação lateral. Deveriam acabar em bico lateralmente e não arredondadas como na primeira das versões. Basta olhar para as imagens do modelo real, para perceber a verdadeira forma que deveriam ter assumido.

 Mas no todo, estamos perante mais uma excelente reprodução que a Slot.It nos oferece.


 Nestas imagens, é possível verem-se alguns dos pormenores do modelo.
 Mecânicamente, as mesmas opções definidas pelo fabricante para os modelos do Grupo C e a carroçaria dentro dos mais actuais parâmetros de fabrico.