quarta-feira, 15 de abril de 2015

Flyslot - Brabham BT44 Grande Prémio da Argentina 1975 - Carlos Reutman

O novo Brabham da Flyslot, mostra-se como uma reprodução longe das anteriores reproduções tanto do March como do Lotus. Este que nos chegará em breve, encontra-se mal reproduzido, sobretudo na parte referente ao cokpit, apresentando-se extremamente baixa e pouco inclinada. Esta secção do modelo deveria apresentar-se substancialmente mais alta ao mesmo tempo que a secção frontal, o bico do carro, deveria ser ligeiramente mais baixa. Este aspecto torna-se perceptível, quando comparada com a altura das rodas da frente.
Retrovisores mal posicionados e uma tomada de ar para o motor de grande dimensão não condizente com a da versão da prova anunciada, são mais dois aspectos negativos a apontar.
 A falta de requinte nos acabamentos da qual poderemos apontar a falta de qualidade na reprodução das jantes da frente e um molde da carroçaria muito pouco cuidado, acabam por beneficiar também uma apreciação negativa sobre a globalidade deste que poderia ter sido um tão interessante modelo.