sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

MAN Lisboa Dakar - Avant Slot

Depois de ter mostrado a versão de 3 eixos, mostramo-vos agora a versão de dois eixos apenas.
 Em tudo iguais, apenas o comprimento total passa a ser mais reduzido, bem como a perda de um dos eixos traseiros. tendo este agora, ficado a meio dos dois do anteriormente mostrado.
 Na prática, perde-se um pouco de tracção, mas por outro lado, ganha-se alguma velocidade, já que a mais complexa tracção através do uso de mais correias na opção de três eixos, faz aumentar de sobremaneira os atritos.
 Mas embora se tenham determinado com alguma facilidade estas diferenças, também foi quase imediata a conclusão de que a Avant Slot esteve e está muito mal em ambos os projectos.
 Há já quem se queixe de chassis partidos e berços de motor então, parece que é um vês que te avias.
Assisti à impraticabilidade da modalidade com os modelos acabados de saír de caixa.
 As jantes deixam de se encontrar fixas aos eixos com bastante facilidade mesmo. Na versão de três eixos, as correias que fazem tracção ao eixo mais recuado, saltam das polies, acabando por bloquear o camião. Constactou-se também que algumas polies vêm de série completamente desapertadas.
Afinal, uma panóplia de coisas incompreensíveis e que levarão muitos dos praticantes a desinteressarem-se pela competição de camiões, quando se tratarem de modelos de custo mais acessível. É que, para torná-los aptos à competição, muito haverá a acrescer a estes belos exemplares, que afinal mais não são do que belos estáticos de colecção.
Nota negativa portanto, para este empenhado projecto deste construtor espanhol. Ou mudam de política de qualidade, ou virar-se-à o bico ao prego.....