quarta-feira, 24 de outubro de 2012

O que se viu em Igualada 2012 - Racer

O fabricante italiano Racer de modelos em resina, prova uma vez mais que é capaz do melhor, mas também do pior.
As suas produções têm o dom de nos encher o olho, sem que contudo signifiquem, boas reproduções. Aconteceu com vários modelos da Ferrari, onde a deformação das formas nos oferecem modelos extremamente largos.
Agora, com o mais icónico modelo da Porsche, o 911, surge uma reprodução bem proporcionada mas ao mesmo tempo, uma das piores reproduções deste modelo de sempre, em modelos de Slot. Não apanharam minimamente a força das linhas deste modelo, o que para um Porschista como eu, o vejo como um verdadeiro escândalo.

 Já o Datsun 240Z, modelo por mim muito admirado, considero-o como uma verdadeira reprodução ao mais alto nível.
Surge em versão do Rali Safari, também uma das provas de ralis por mim mais admiradas, o que transforma este modelo, numa verdadeira obra de cobiça.
 Sem defeitos a apontar, poderemos acrescentar que até os pneus foram obra de excelente reprodução.

Mas o que me encantou mesmo, foi o Ferrari 250 GTO de 1964.
Desde sempre gostei deste modelo e parece-me que esta reprodução surge sem exageros e de linha muito bem reproduzida.