terça-feira, 13 de novembro de 2012

Troféu Ford Transit - Primeira prova


 Foi sábado passado, que o Clube Slot de Braga recebeu as Ford Transit para um invulgar troféu.
Foram sete os pilotos a participar, mas contou-se ainda com a presença do modelo pertença de Hugo Figueiredo, a bonita "Gitanes" para compor uma imagem condigna.

 Francisco Matos deu o pontapé de saída com o seu modelo psicadélico.

 António Maia, para além dum modelo pouco desenvolvido, trouxe uma Transit por decorar.

 Paulo Mendes apostava numa carroçaria de Eduardo Carvalho, mas uma mecânica dele. O conjunto estava bombástico.

 Bruno Martins e a sua belíssima "Monster" mostraram-se também muito eficazes.

 Augusto Amorim surpreendeu também com uma bonita Transit que se comportava lindamente.

 Emídio Peixoto, mesmo com uma Transit de "última hora", mostrou que quem sabe, não esquece.

 Rui Mota fechou a qualificação com o modelo que serviu de base para este Troféu.

A qualificação registou como melhor tempo 10.5 segundos, estabelecido por Augusto Amorim.

 Na primeira manga, Bruno Martins, António Maia e Francisco Matos iniciaram as hostilidades, mostrando-se o primeiro como detentor de um andamento aguerrido e seguro, contrastando com os andamentos dos seus dois adversários directos, já que António Maia apostava na rapidez mas saía penalizado com excessivos despistes e Francisco Matos debatia-se com uma inguiável Transit.

 Na segunda manga, os andamentos equilibravam-se entre Augusto Amorim, Paulo Mendes e Emídio Peixoto, mostrando-se Rui Mota menos eficaz que os seus companheiros de prova. Mais para o fim, Paulo Mendes debate-se com comportamento anormal por parte do seu modelo, já que um acidente lhe alterou o comportamento.
 E na classificação final, era Emídio Peixoto que com um andamento vivo acaba por bater Augusto Amorim. Bruno Martins consegue a terceira posição final com uma vantagem de uma volta sobre Paulo Mendes que por sua vez também se impõe  a Rui Mota por uma volta. António Maia consegue com uma vantagem de 14 voltas, impor-se a Francisco Matos que fechou a tabela de classificação.

 As Transit alinhadas no final da prova, preencheram com um bonito efeito visual o respectivo pódio.
 E os pilotos, com um complemento feminino, não ficaram atrás. A "Liga Portuguesa contra o Cancro", esteve presente no modelo vencedor.
Parabéns ao Emídio Peixoto, Augusto Amorim e Bruno Martins, que se impuseram aos restantes, com um andamento soberbo.