quinta-feira, 22 de novembro de 2012

SCX e os WRC

A SCX terá nos ralis, a sua grande aposta. E passa a ser matéria corrente dentro do seu programa de lançamentos, a edição dos mais actuais protagonistas desse palco de actuações, quando do Mundial se trata.
 E como o Ford Fiesta RS WRC foi um modelo sem mutações exteriores de 2011 para 2012, o mesmo modelo serviu já para nos fazerem chegar essas mesmas duas versões. A diferença passa pois, pela combinação cromática, fazendo com que gostemos mais de um ou do outro, consoante as nossas próprias aptidões estéticas.
Em tudo iguais, divergem apenas no esquema da decoração, e numa nova aposta de cores, a condizer com os novos patrocínios ou ausência deles.
De linhas agressivas, este exemplar da oval azul que nunca conseguiu brilhar verdadeiramente na sua passagem pelo Mundial de Ralis, consegue contudo cativar pela exuberância das suas linhas.

Tratando-se dum modelo de última geração, não passa de um compacto modelo do segmento A, cujos alargamentos e respectivas apêndices aerodinâmicos, o transformam num pequeno Fiesta de linhas altamente agressivas.

E uma vez mais, a SCX tal como o faz sempre, editou estas maravilhas que vão preenchendo muitos imaginários, mas aqui, mais à escala dos ralis caseiros, já que os apostadores de grandes resultados em provas de clubes, preferem os modelos de outros fabricantes cuja maior eficácia se comprova no cronómetro.

Mas em paralelo, o seu grande rival também chegou ao mercado pela mesma mão. O Citroën DS3, o grande causador do fracasso do modelo americano nesse mesmo Mundial de Ralis, está também já disponível, para aqueles que desejem prolongar as grandes batalhas, mas ao nível dos plásticos dos carrinhos de pista à escala 1/32.

A SCX será porventura o único fabricante a nível Mundial, a não deixar para trás a reprodução dos grandes protagonistas desse campeonato. E aqui, fica mais uma dessas provas. A faltar, regista-se a presença do BMW Mini WRC, cujos rivais Superslot e Carrera já deitaram pés ao caminho.