segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Arrow Slot - O primeiro Saleen decorado

 Se a qualidade do Saleen deste fabricante Arrow Slot nos tinha surpreendido aquando da sua primeira aparição, ficou no entanto na altura o amargo de boca de o termos visto chegar apenas, em forma de kit. Pedia-se uma decoração para tão interessante modelo e mais ainda, por se ter tornado num dos melhores GT's no capítulo da competição slot cars.
E hei-lo chegado. Aí está ele, numa representação do modelo vencedor da sua classe nas 24 horas de Le Mans. Existem alguns reparos no entanto, já que entre cada versão, existem sempre pequenos pormenores que cada equipa vai modificando, e que não permite à generalidade dos fabricantes de modelos de slot, acompanhar as respectivas alterações pelos elevados custos com a aquisição de novos moldes que esses passos acarretam. Mas a primeira chamada de atenção, prende-se apenas com a questão da côr, o que não implicaria a alteração de custos. A parte correspondente ao azul, não foi retratada convenientemente, já que sendo azul sólido no mini-modelo, nada se parece com o azul metalizado da versão verdadeira.
Quanto aos pormenores em falha, poderemos apontar as bocas de combustível que deveriam ser simples e não duplas, posicionamento dos retrovisores demasiado recuados, uma tomada de ar sobre a capota demasiado adiantada e a existência de saídas de ar na parte mais lateral do spoiler frontal, mesmo junto à cava das rodas da frente e que existem na realidade. A parte situada entre a porta e o pilar de sustentação existente na cava da roda, deveria ter sido pintada de preto, mas esta encontra-se azul.

 Mas no geral estamos perante uma extraordinária peça, onde poderemos realçar a boa representação dos faróis frontais, as grelhas tanto frontais como posteriores e que se encontram de facto notáveis e a representação das jantes.
 Pena os escapes não surgirem redondos como a imagem de baixo nos mostra. Os ganchos de reboque tanto frontal como posterior, estão bem representados mas pecaram na côr, já que deveriam ser amarelos e não vermelhos. Também a parte central que integra os stopes, tanto quanto nos parece na imagem que abaixo se mostra, deveria ser preta e não azul como surge no mini-modelo.

 O que não surge representado, são os fechos e dobradiças tanto do capôt frontal como posterior, algo que não deveria ter falhado no primeiro molde do modelo.
 As rodas frontais embora pareçam demasiado caídas, acontece apenas porque o eixo descai, mas quando o modelo é totalmente pousado, este órgão pousa e o aspecto melhora considerávelmente. Existe sempre a possibilidade de regular a sua altura, através da inclusão de parafusos no próprio chassis.
 Uma falha considerávelmente grave, é a ausência de pintura na representação do motor. Tudo a negro, não ajuda a uma imagem convincente da representação deste órgão mecânico.
 Em baixo, pode ver-se uma representação de motor, demasiado sóbria.

 Em cima, as grelhas de escoamento de ar, inexistentes.
 Uma traseira cujas grelhas conferem um aspecto extraordinário.
A tomada de ar ao nível da capota, deveria surgir a meio desta e não junto ao bordo do pára-brisas.

 O chassis é igual ao da primeira versão e capaz de excelentes performances. O berço de motor é igualmente o mesmo e vem equipado com motor, eixos, pinhão e cremalheira oriundos do fabricante Scaleauto.
 O patilhão também de origem Scaleauto vem equipado de mola o que o torna activo e não fixo.
No chassis surge agora a gravação Arrow Slot, algo inexistente nas primeiras versões em kit.
Em suma, um belo exemplar de colecção e estamos certos de que óptimo para as competições de modelos da categoria GT.