sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Mc'Laren F1 - Mr Slot Car

 O anunciado Mc'Laren F1 do fabricante canadiano Mr Slot Car, aí está. E de arranque, surgem logo duas versões deste mesmo modelo, sendo um deles, vencedor de Le Mans.
Em 1995 a Mc'Laren surpreende o mundo vencendo em Le Mans, sobrepondo-se a verdadeiros protótipos de competição, como eram os casos dos Kremer K8 Spyder e os Courage por exemplo.
O vencedor tinha como particularidade distintiva relativamente à restante armada de Mc'Laren's participantes, a inclusão de um grupo óptico no pequeno capôt frontal, embora não tivesse estado no carro na totalidade da prova. Mas agora, este fabricante edita-o e este pormenor encontra-se retratado.
No entanto, no seu conjunto apresenta alguns erros a apontar. De pneus altos à frente e uma frente muito alta, começam de imediato a não proporcionar uma imagem muito agradável. Também as tomadas de ar existentes lateralmente mesmo antes das rodas traseiras, encontram-se mal representadas, sobretudo pela falta de profundidade que apresentam.

Mas no conjunto, parece representar uma bela peça de slot e de onde se esperam performances  de relevo.




Em 1996 estes modelos voltaram em força a Le Mans. Algumas modificações foram introduzidas e a Mr Slot Car retratou já um deles, não se tendo esquecido da reprodução dessas alterações. A cúpula envolvente dos faróis foi alterada, deixando de ser uma capa lisa, passando a apresentar-se com duas bossas que acompanham o posicionamento dos faróis.

A tomada de ar existente na capota passou a ser proeminente e avançada, começando ao nível do pára-brisas. Também nos é apresentada esta correcção, o que muito se louva.

Apresenta-se então como uma bela correcção, mas onde a côr das jantes da reprodução, não corresponde à realidade. Estas deveriam ser côr-de-laranja, mas nas imagens surgem iguais às do modelo da "Ueno Clinic", o que não está certo.

Pena o grupo óptico traseiro não ter merecido a mesma atenção de correcção, já que esta versão sofreu uma pequena alteração a este nível, apresentando-se agora num plano mais fundo e não tão à superfície.

O azul desta versão é metalizada, mas a miniatura parece não ter seguido bem o exemplo e também os retrovisores que surgem a preto se encontram errados, já que estes deveriam apresentar-se na côr da carroçaria.
Mas afinal, tratam-se de dois belíssimos exemplares difíceis de serem perdidos.