terça-feira, 1 de novembro de 2016

Campeonato Porsche 991 GT3 - Já vão duas....

 Se a primeira prova deste campeonato foi bem disputada, ficou no entanto completamente ofuscada pelo nível e resultados da segunda.
 Com a presença de mais pilotos, esta segunda jornada recebia pilotos melhor preparados, mas também com os pilotos mais novatos neste traçado a demonstrarem uma muito melhor adaptação.
Partiam então para a primeira das mangas, César Amorim, Rui Mota, David Azevedo, Nuno Mendo e Augusto Amorim. E a disputa pela liderança nesta manga, esteve entregue a David Azevedo, César Amorim e Rui Mota, tendo este último conseguido manter-se no primeiro lugar quase até ao fim, altura em que tanto César Amorim como David Azevedo assumem a luta pela liderança, numa luta titânica. Enquanto isso, Augusto Amorim aproximava-se também dos pilotos da frente e Nuno Mendo mostrava sérios progressos num difícil traçado.
 E no final, a diferença entre David Azevedo e César Amorim, os dois primeiros, ficou tal como a imagem de baixo bem documenta, com a vantagem a pertencer ao primeiro. Rui Mota classificar-se-ia ainda na mesma volta e Augusto Amorim acabaria com uma volta a menos. O resultado bem demonstra o incrível equilíbrio existente.

 A segunda manga contou com os pilotos Paulo Mendes, Luís Azevedo, Nuno Aguilar, António Miranda e Luís Pinto, o segundo piloto vianense.
 Aqui destacaram-se tanto Luís Azevedo como Paulo Mendes, demonstrando alguma supremacia sobre os demais. O andamento destes dois pilotos foi notório a ponto de no final virem a ocupar as duas primeiras posições. Mais para trás ficariam Nuno Aguilar, Luís Pinto, Carlos Miranda e Nuno Mendo e que ficariam também, atrás dos pilotos da primeira manga. Mas apesar disso, foi uma prova em que a totalidade dos pilotos mostraram melhoria significativa relativamente à primeira prova.
Mas tanto Nuno Aguilar como António Miranda se estreavam neste campeonato, o que lhes criava dificuldades acrescidas relativamente a quem se estreara já na semana anterior.

 Mais uma prova em que as disputas foram renhidíssimas e onde se mostrou um elevado nível tanto de pilotagem como de preparação das máquinas que se encontram em constante evolução.
 Parabéns aos homens do pódio, pois mostraram de facto andamentos de altíssimo nível.

 Luís Azevedo conseguiu desta vez impôr-se aos ferozes adversários.