quarta-feira, 15 de junho de 2011

E porque Le Mans ainda está tão presente.....

 Este Chenard & Walker Sport,  foi o primeiro vencedor das 24 Horas de Le Mans, no ano de 1923.

 Em 1929, coube a este Bentley Speed Six, saír de França como vencedor.

 Em 1931 a Alfa Romeo consegue o seu primeiro de quatro sucessos, com este belo Alfa Romeo 8c.

 Em 1937, estreou-se nos êxitos a Bugatti, com este Bugatti 57 G.

 A Ferrari por seu lado, teve a sua oportunidade de inscrever pela primeira vez o seu nome nos anais da clássica francesa em 1949, através deste Ferrari 166 MM.

 A única vitória da Talbot ocorreu no ano seguinte, em 1950, com este Talbot Lago T 26 GS de linhas já algo desactualizadas na época.

 1951 foi também o ano de estreia para a Jaguar, com este belo Jaguar XK 120 C.

 Dois anos após e com o mesmo modelo, a Jaguar consegue novo triunfo.

E repete em 1955 a vitória, mas agora com este evoluído Jaguar D.

 Em 1969, a Ford consegue o seu último de quatro êxitos consecutivos, com este Ford GT 40.

 O terceiro êxito da Porsche foi conseguida em 1976 com o primeiro modelo da série 936, precisamente o Porsche 936/76.

 A quinta e inesperada vitória do construtor germânico, foi conquistada em 1979 com o Porsche 935 K3.

 A Jaguar deu continuidade em 1990 a uma carreira plena de êxitos através do seu Jaguar XJR 12.

 A estreia da BMW só foi conseguida no virar do século em 1999 com o seu BMW V12 LMR.

 A Audi a partir do ano 2000 consegue uma invejável sequência de vitórias, em que através deste Audi R10 TDI, conseguiu o seu 7º êxito.

 Quatro anos antes, em 2003, foi a vez da Bentley através deste vistoso Bentley Exp Speed 8, conseguir também a sua 7ª conquista na clássica francesa.

 A Bentley conseguiu marcar a história de Le Mans, através de inúmeras participações e conquistas.

A Aston Martin ainda que não tenha conseguido inscrever o seu nome no mais alto dos degraus desde 1959, conseguiu alguns resultados de relevo, tendo inclusive contado com a participação do piloto português Pedro Lamy.

 A Matra conseguiu em 1972, 1973 e 1974, as suas três vitórias.

 Pedro Lamy com este belo Porsche da Schubel conseguiu chegar à 5º posição em Le Mans.

 Os irmãos Mello Breyner fizeram história nesta prova e com este Porsche 911 GT2, por ter sido a primeira vez que três irmãos a conseguiram completar.

 O Chevrolet Corvette de John Greenwood não passou nunca despercebido em França.

 Audi e Bentley, duas marcas indiscutivelmente ligadas a Le mans.

A última vitória da Ferrari aconteceu em 1965, com este bonito Ferrari 275 LM.


Inúmeros modelos foram cada um na sua vez, escrevendo riquíssimas páginas ligadas à prova.

 A Peugeot foi também tendo os seus momentos ao longo dos anos, com alguns de verdadeira glória.

A evolução dos automóveis, é um dos aspectos registados por esta clássica.

Ni Amorim foi dos portugueses que tiveram o seu momento. A aposta recaíu no Viper.

 A Porsche foi a marca que a partir de 1951, passou a ter participações contínuas e que mais páginas de êxito, record's e participações conseguiu até à actualidade.
 Inúmeros são os modelos apresentados a participar em Le Mans, desde modelos mais convencionais até aos protótipos mais radicais.
 A década de 70 foi especialmente marcante para esta marca, onde em 1970 inscreve o seu nome como mais uma das vencedoras.







Da parte da BMW, também houve modelos de extraordinária importância como o M1 "Carte de France".