sexta-feira, 2 de março de 2012

Diabolique, ou Diabolique?

Eis a questão!!

Depois de ter adquirido o imperdível Ford RS 200 da MSC, na sua versão do team português Diabolique, chegou a vez da aquisição do novo Ford RS 200 do team português Diabolique.
Sim, é quase o mesmo, mas não se trata da mesma coisa......
Este tem certificado.
Certificado comemorativo de autenticidade da edição limitada que representa, numerado e assinado pelo proprietário da loja Slot Madeira. É que esta loja festeja este ano o seu 10º aniversário e como tal, a efeméride fica marcada com a edição deste bonito modelo que participou justamente, no rali da Madeira.

Como marca distintiva de realce maior, a existência do grupo óptico suplementar mas que oculta o famoso logótipo da "Diabolique".
Na caixa, também uma etiqueta define a proveniência da edição e a referência à série limitada. Na etiqueta do fabricante, o nº de série que lhe foi atribuído dentro das 500 unidades editadas.
O promotor da iniciativa, o Sr. Virgílio Fernandes, fez o favor de me ceder um número muito baixo. Coube-me o 5, o que muito agradeço.
Nestas duas imagens de similar aparência, podem ver-se os modelos da primeira edição e o mais recentemente chegado, de edição limitada.

A frente dos modelos proporciona-nos a imagem que nos permite com mais facilidade distinguir as duas edições, já que os faróis frontais, marcam essa diferença.
Se à frente os faróis provocam uma significativa diferenciação, já atrás, só pela cor do escape.
Existência de faróis suplementares e a cor das jantes, são aspectos que sobressaem.
Algum posicionamento diferenciado na colocação de alguns logótipos, como é o caso do "Castrol" e "Sogrape" no pára-choque, são algumas das marcas que permitem diferenciá-los. A cor dos retrovisores exteriores, é outra das caraterísticas que permite distingui-los.

Lateralmente, para além do próprio dorsal, apenas desaparece o logótipo da marca "Pirelli" para dar lugar a um ponto negro.


Vistos de cima....

Na capota da edição correspondente à versão do Rali de Portugal, surge a mini-placa do rali. Na versão do Rali Vinho da Madeira, esta não existe e como tal não surge representada.
Duas belas peças de colecção sobretudo para os aficionados portugueses, mas também porque visualmente se tratam de versões muito bonitas. Portanto, nem Diabolique nem Dabolique, os dois......