terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Os M3 no Slot

Inegavelmente, a BMW encontra-se associada ao desporto automóvel de alto nível, há já alguns anos.
E esta marca, através da bem nascida série M, agregada à sua mais popular série, a série 3, tem criado à algumas décadas uma invejável mais valia no desporto automóvel.
Os criadores de modelos à escala não ficaram indiferentes a este êxito tendo sido a aposta generalizada, passando também a fazer parte integrante das produções de Slot.

 E o primeiro de todos os M3, aquele que a mim mais me marcou, foi inicialmente reproduzido pela Scalextric / SCX, numa reprodução que muito nos agradou. Felizmente, uns bons anos mais tarde e através da Fly, surgiu uma soberba reprodução dessa mesma série.
 Com uma maqueta verdadeiramente surpreendente, reproduz ainda um habitáculo deveras detalhado, a fazer certamente inveja a muitos modelos estáticos.
 O modelo que se lhe seguiu, foi igualmente alvo de produção por parte de dois fabricantes, a Ninco e igualmente a Fly. Muito próximos em termos de maqueta, tornar-se-ia até algo complicada a escolha, caso contasse apenas o parâmetro estético.
No entanto, enquanto a Fly continua a primar pelo elevado sentido de requinte com que nos brinda na generalidade dos seus modelos, a Ninco opta antes por uma aposta na qualidade dinâmica.
 Contudo, em ambos os casos estamos perante dois interessantes trabalhos.
 A série seguinte, baseada numa evolução sobre a mesma série de carroçaria, resultou apenas na aposta de um outro fabricante, a Auto Art.
 Igualmente extraordinário, bem reproduzido e muito proporcionado ao nível dos rodados, deixa-nos muito pouca margem de crítica.

 A última série deste modelo e que se encontra actualmente em actividade, teve dois novos apostadores na sua produção comercial.
 Desta vez, o confronto surge entre o gigante Carrera e a SCX.
E não deixam os dois de apresentar os seus válidos argumentos, se bem que em análise por mim feita, a opção recaia sobre o modelo espanhol. De muito melhor reprodução ao nível das jantes, o modelo da Carrera deixa-se ficar para trás numa infinidade de pequenos detalhes onde o SCX consegue mesmo brilhar.
 No entanto, o importante é termos conseguido reunir a família na sua vertente evolutiva destas preciosidades alemãs, no nosso pequeno território, o do Slot.