sexta-feira, 15 de julho de 2011

Espólio ART - Decorações para a história

O Mazda já repousa junto de outros modelos de capital importância no historial da ART.
E consegue ver-se outro modelo que me apelou a memórias de anos idos, um Mosler cuja carroçaria Ninco se encontra adaptada a um chassis HRS da Slot.It e foi decorado para a primeira ou segunda edição das 24 Horas Slot do Porto, cuja pintura em laranja e preto, foge ao tradicional tipo e cor deste team.

Nuno Aguilar num dos momentos de repouso junto do Ricardo Feitas, numa fase de espera para a que viria a ser a 1ª prova de um campeonato de cariz europeu de 24 Horas, no Cartaxo. O GT Team surgia nesta edição através de duas formações.
A equipa de Nuno Aguilar participou de Porsche 956L que entrou em luta directa mesmo antes do início da sua realização, com o modelo rival e igual, da segunda equipa do mesmo team.
Tratou-se afinal da disputa pelo lugar maior, na prova de "melhor decoração". Os dois modelos, embora decorados de maneiras distintas, acabaram por ser os dois mais votados, num troféu conquistado pelo outro modelo e numa votação que foi preenchida pelos chefes de equipa da totalidade dos participantes.
No final, Nuno Aguilar não perdeu o ensejo para conseguir uma assinatura do próprio Maurizio Ferrari, mentor da iniciativa cujos modelos eram na sua totalidade do fabricante Slot.It. Claro que assim, este modelo não poderia escapar a uma presença no rol das suas preciosidades.
Enquanto isso, era Rui Mota e Paulo Oliveira que arrebatavam o troféu com o outro Porsche 956L do GT Team.
A assinatura do fabricante ficou também gravada neste modelo no final da prova, e encontra-se também em repouso em mais uma colecção particular.
Claro que as marcas duma prova de longa duração estão bem à vista.
Rui Mota e Paulo Oliveira na hora de receber o troféu e um prémio na presença de Maurizio Ferrari (Tshirt laranja).