quinta-feira, 28 de julho de 2011

A Subaru, no Slot

 Os modelos da Subaru têm feito carreira no Mundial de Ralis. E porque têm conseguido deixar uma forte marca nesse campo, por arrasto, os fabricantes de modelos à escala de coleccionadores não deixaram que tão importante matéria lhes passasse despercebida, pois a passagem da realidade para os modelos à escala reduzida, são sempre um aliciante para os apaixonados das colecçõe e do Slot em particular.
E no que respeita ao Slot, a SCX deu o pontapé de saída, coincidindo com a passagem de Carlos Sainz em 1994 pela marca japonesa no Mundial de ralis, o que é sempre uma mais valia para "nuestros hermanos". O modelo tornou-se ainda tanto mais aliciante, quanto constituía ainda a tracção às quatro rodas, matéria muito recente à escala 1/32.
 A Ninco não perdeu também a oportunidade para disponibilizar aos amantes do Slot, modelos desta marca. Alguns fizeram até, parte das séries coleccionáveis e limitadas, como é o caso da edição em 2002 do Subaru integrado na sua série "RACC".
 E quem optou como modelo de estreia por um carro desta marca, foi a Auto Art. E logo, pelo modelo participante no Rali de Portugal em 2001. Muito bonito, muito perfeito, mas pouco eficaz nos seus terrenos.
 O piloto, Richard Burns.....

 A Ninco editou várias versões de seu primeiro modelo da Subaru, dotados de tracção às quatro rodas através de polias.

 Num segundo modelo da Subaru, a Ninco aproveitou novamente em 2007 para integrar uma das suas produções na série "RACC".

 Mas a série corrente, viu chegar esse mesmo modelo no que é ainda considerado um dos melhores modelos de ralis de sempre, deste fabricante. A versão representa o modelo participante no Rali da Argentina em 2006.

 A SCX, anos mais tarde volta à carga, editando também várias versões e decorações. Aqui numa versão do Rali da Austrália.

 Uma nova versão, aqui com aspecto mais agressivo através da inclusão da bateria de faróis extra, que preenchem quase a totalidade da frente do modelo. Uma representação da versão de Monte Carlo, em 2005.

 O modelo com que "Rossi" participou no rali dos Antípodas não foi esquecido. À moda da Nova Zelândia, um modelo negro. O ano foi 2006.

 Recentemente foi a MSC que fez uma incursão pela marca editando a versão de 2007 do Rali de Monte Carlo, ano esse de rara aparição de um Subaru de 2 portas, o que lhe confere uma imagem de modelo compacto.
Dinâmicamente, talvez se trate da melhor reprodução de um Subaru para o mundo do Slot. Na sua série corrente, a opção do fabricante recaiu num chassis de motor em linha e com um patilhão fixo. No entanto, encontra-se já comercializada a opção de chassis para motor em ângulo e patilhão basculante.

 A Avant Slot centrou atenções no modelo mais recente e que talvez tenha constituído um dos maiores falhanços da marca no Mundial de Ralis. No entanto, no Slot tem-se safo. Aqui a versão de 2008 que teve como piloto, Peter Solberg.

 Em várias versões e decorações, aqui mostra-se o modelo de Grupo N de Ojeda em 2009, onde se nota a ausência do aileron de grande dimensão do modelo WRC.

 E esta era imperdível. Block é já um nome que não pode faltar nas nossas colecções. Além do show que este piloto representa, o look do modelo é extraordinário.