segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

3 Horas Daytona Prototipe - GT Team Slot Cars

A esperada resistência de 3 Horas destinada a modelos Daytona Prototipe, teve lugar este sábado último com a presença de 5 equipas, quatro delas tendo optado pelo modelo Riley e a da casa a fazer a sua aposta no modelo Dallara.
E como sempre acontece em provas de resistência, eram muitos os pilotos distribuídos pelas equipas, criando um sempre agradável ambiente de descontração e convívio.
A parte competitiva estava também bem presente, apesar de algum inesperado domínio por parte da equipa GT Team / ART, que desta feita viu no seu seio Rui Mota ser substituído por António Maia. Trata-se afinal, de mais uma bela demonstração de sã convivência entre equipas adversárias, que conseguem sempre pôr em primeira instância, o excelente convívio de que a modalidade bem precisa e se saúda.
Os modelos presentes, onde o Team CSB/Smoke Off se apresentou com um belo Riley com as cores da Gulf, em mais um sinal de bom gosto por parte de Eduardo Carvalho.
Em baixo, o Dallara do GT Team/ART que viria a vencer a prova.
A primeira manga pôs logo à cabeça da classificação a equipa da casa numa demonstração de superioridade invulgar, atendendo ao nível de preparação com que os modelos se apresentaram, já que se haviam preparado antecipadamente os modelos e pela mesma equipa técnica. Mais surpreendeu, quando se havia ficado com ideia de que se trataria do modelo menos funcional dinâmicamente. Mas entre os apostadores nos modelos Riley, o equilíbrio entre equipas foi nota dominante, tendo sido necessário  aguardar pela calha final, para se garantirem de facto as diferenças e certezas relativamente à sequência classificativa final.
Resultado da primeira calha

Pelo meio, ouve ainda tempo para uma surpresa protagonizada pela equipa Gentleman Drivers, que aproveitaram o acontecimento para festejar o seu primeiro aniversário enquanto Team, já que a sua estreia aconteceu na prova de fim-de-ano de 2010.
Em exposição, estiveram os modelos com que se apresentaram para os treinos da última edição de 24 Horas da Trofa, onde estas decorações acabaram mesmo por representar um marco na equipa.
Em cima, o chassis participante naquela resistência.
O bolo, e uma velinha de um aninho.....
Dos quatro elementos que o compõem, apenas José Pedro Marques se encontrou ausente, tendo então a equipa ficado representada por Carlos Alvim, Hugo Figueiredo e Pedro Correia.
Em baixo, uma bonita imagem para a posteridade, deste festejo de equipa.
Depois de se festejar este curioso aniversário, a prova continuou e com uma interessante disputa até à definição final do terceiro e quarto lugares, já que o Team Ideias Aritméticas terá sido o menos capaz de acompanhar o vivo ritmo com que se disputou mais esta resistência.
Nas duas calhas finais, também o Clube Slot de Braga/Smoke Off, conseguiu a distância necessária para terminar a prova sem sobressaltos.
A tabela final, com a totalidade dos registos.
Em baixo, o único Dallara presente, levou a melhor perante a armada de Riley's.
Mais uma resistência que decorreu debaixo de extraordinário ambiente de convívio entre os 11 pilotos que estiveram presentes e com uma invulgar concorrência de assistentes, já que várias pessoas fora do habitual circuito do Slot, vieram dar uma cheiradinha.....