segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Os protagonistas - Grupo 2 (3)

        Buno Martins       
Bruno Martins é um dos regressados.
Depois de algumas épocas ligado à modalidade, motivos de força maior que o puxaram para obrigações militares, levaram-no a um longo afastamento do Slot. O regresso à vida civil fizeram reavivar motivações antigas. Pouco-a-pouco tem vindo a recuperar os dotes que em tempos idos lhe conhecemos, começando a fazer já registos e a ganhar a necessária consistência que fazem dele uma breve séria promessa.
A preparação dos modelos é algo que tem vindo também a demonstrar, fazer parte da sua essência de praticante. Não temos dúvidas que dentro em breve teremos que contar com ele no lote dos melhores pilotos bracarenses.
 Aliado a um nutrido gosto por modelos de eleição, a era dos clássicos não o deixa indiferente, sobretudo a armada dos germânicos. Como tal, também ele se sentiu ligado de imediato ao 2002 da BMW, como sua aposta para o campeonato de Grupo 2. E dentro desta gama de modelos, o seu tem-se já mostrado como o mais rápido. Espera-se no entanto, que este venha ainda a demonstrar melhor desempenho. Trata-se de uma das grandes esperanças do Slot em Braga, pelo qual se espera dele neste campeonato, alguma surpresa.
 Mas o mundo dos automóveis invade-lhe as veias. Um pai ligado às mecânicas, influenciaram-no fortemente, acabando ele por ser hoje, o nosso homem dos Drift's. Com um BMW série 3 desenvolvido para o efeito, bem demonstra que o que sabe fazer nas pistinhas, também domina nas pistonas.



      Francisco Mota Matos     
Mais conhecido por Matos, é dos compinchas que melhor se sabe entreter no Slot, digamos, por verdadeiro gozo. Longe da preocupação dos grandes resultados, para ele o Slot é uma fonte de prazer e curtição.
O importante na modalidade, são as amizades e convívios. E se o quisermos ver entretido, é mesmo nas resistências, a repartir emoções com os colegas de equipa. O Slot fora-de-horas, é outra das suas especialidades. Dá umas voltas com as suas máquinas, passando-os depois a terceiros seguido quase sempre da seguinte afirmação, "Tu é que sabes andar, não sou eu....".
Uma fonte de prazer, é o que os parceiros de convívio podem desfrutar e ganhar, pela sua franca amizade e disponibilidade incondicional. Sem dúvida, um Homem invulgar.

Para o campeonato, mais um 2002. Com a sua habilidade casuística, isqueiro e dedo, lá conseguiu alargar a carroçaria ao nível do eixo traseiro, possibilitando assim, dispor de um dos mais promissores destes modelos. Agora, muito juizinho a dirigir a primeira barraca de praia, de pista.....