quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Dará isto um campeonato?

 A chegada do Cheetah e do Kellison do fabricante MRRC, abriu em mim um crescente sentimento para uma espécie de troféu de clássicos americanos das décadas de 60, já que me encontro bem enquadrado com aquela época de ouro do desporto automóvel e sobretudo, americana.
 A estes dois recém chegados, poderíamos ainda juntar o AC Cobra do mesmo fabricante e até o Shelby Cobra Daytona Coupé, da Revell.
 De características dinâmicas que certamente se aproximarão, permitiriam enveredar por um caminho menos comum que os habituais e disputadíssimos campeonatos apoiados em máquinas altamente performantes, mas sem que comprometessem a existência e continuidade desses mesmos campeonatos.
 O Cheetah e o Kellison repartem o mesmo chassis, com a única diferença a situar-se na distância entre eixos, já que este chassis permite a sua extensão.
O seu chassis simples vem equipado com um motor que se mostrará como sendo a parte mais negativa do conjunto. Porventura dotado de pouco poder de travagem, provocará pela certa algum desalento aos habituais entusiastas praticantes.
 E enquanto a versão negra não chega, poderemos já usufruir das duas versões anunciadas do Kellison.






 O AC Cobra deste fabricante, é um modelo também muito bem conseguido em termos estéticos, apoiado em conceitos mecânicos similares. O motor marcará toda a diferença, o que poderá causar a disparidade de comportamentos que viabilize um campeonato em que se podesse encontrar integrado.

 Por parte da Revell, poderemos encontrar este Cobra Daytona, que poderá em termos de comportamento, situar-se bastante próximo das novidades da MRRC.