segunda-feira, 7 de março de 2011

Duas Escalas


Na vertente do coleccionismo, escalas existem que somam a preferência dos apaixonados.
A maior aposta europeia recai sobretudo naqueles que poderemos considerar as escalas raínha, a 1/43 e a 1/18.
Mas existe uma escala pouco trabalhada, que por vias do Slot tem vindo a instalar-se em inúmeras estantes de coleccionadores. Sem dúvida que a escala 1/32, que à alguns anos chegou a ser a grande aposta da Airfix por exemplo, ao longo de algumas décadas veio a perder grande parte do seu fulgor. Mas notavelmente nos últimos anos tem vindo a crescer quase exponencialmente, sobretudo pela quantidade e qualidade de excelentes trabalhos que alguns fabricantes tão bem têm sabido vir a oferecer na vertente do Slot.

Aqui são-nos mostrados dois exemplos do que se escreveu. É inegável a qualidade disponibilizada hoje em dia, em modelos que associam excelência de maquetas, requinte apresentado e ainda como se não bastasse, modelos que podem fazer as delícias dos amantes de modelos dinâmicos, no caso, da valência do Slot.
À escala 1/43, um modelo da Minichamps, enquanto através da Le Mans Miniatures se mostra o mesmo carro à escala 1/32.
Para o exemplo em causa, também um dos ícones da Porsche, o histórico "Pink Pig" ou "Cochon Rose".
Não tendo apresentado resultado de vulto que o tivesse posicionado nos pódios da história da marca pela sua participação na edição das 24 Horas de Le Mans de 1971, este modelo que ficou registado como Porsche 917/20, acabou por ser único na forma e ficou também caracterizado pela invulgar cor que o marcou e o veio a alcunhar.

Como é possível observar, pormenores não faltam num modelo capaz de proporcionar o somatório do gozo tanto na estante como no prazer duma bela condução.
E quando comparadas as duas escalas mostradas, não restam dúvidas das excepcionais representações de que hoje em dia podemos usufruir no Slot. O modelo pequeno, uma reprodução em liga metálica, permite grandes tiragens, mas o nosso exemplar à escala 1/32, tratando-se de um modelo em resina, será sempre de tiragens bem mais limitadas. Se a isto juntarmos o factor "fragilidade", acrescentando ainda o grau de probabilidade de danificação por de um modelo dinâmico se tratar, então as hipóteses de daqui a uns nos conseguir-mos ter modelos destes em bom estado, são pequenas.
Mas a verdade, é hoje podermos desfrutar do prazer que estas obras-de-arte nos poderão dar. De agradabilidade dinâmica considerável em grande parte dos casos, dificilmente poderão juntar-se à galeria dos modelos campeões, pelo elevado peso a que as resinas sujeitam os modelos.
Modelos para a história do Slot, do automóvel e para as colecções.....