quinta-feira, 24 de março de 2011

Fiat 600 Abarth - Reprotec

Ainda que este fabricante não tenha assumido nunca o estrelato no mundo do Slot, conseguiu produções que constituíram novidade no nosso mundo.
 Um desses casos aconteceu com a edição do Fiat 600 Abarth, alguns anos antes da edição melhor conseguida da SCX. Mas o seu surgimento teve um agrado generalizado, que motivou até troféus com este pequeno corredor.
 De linhas que na época poucos duvidaram das suas incorrecções, agradou e convenceu, também pelo seu interessante comportamento, apesar das suas naturais e compreensíveis limitações.
 E como quase sempre acontece, o que está mal corrige-se. E isso aconteceu a este pequenino.
Numa atenta observação que estas imagens exigem, pode observar-se que no modelo azul e branco, na placa porta-piloto e na zona que alinha na vertical com o eixo traseiro, surgem dois pilares que servem de travão para que o eixo posterior não suba. Esse pormenor é inexistente nas primeiras séries, da qual o modelo cinzento faz parte.
 De resto, tudo se manteve inalterado até à finalização da produção deste interessante 600.
 Agora comparem-se as marcas distintivas que o tempo nos proporciona. Dois 600 Abarth, um da Reprotec e o outro da SCX. E assim, percebemos como são enormes as evoluções sofridos de um para o outro modelo.

 O pormenor da traseira em que o modelo SCX surge imensamente melhorado, apesar de nem mesmo assim se mostrar como uma referência do detalhe. Ao nível das jantes, a SCX apresenta um trabalho excelente, contrariamente a outros dos seus lançamentos onde com alguma frequência falha.
 Mais um modelo para a história do Slot.